Eu sou da roça e vivo escondido
Todo insatisfeito lá no meu lugar
Não tem barulho não tem violência
Lá so tem notícia se alguem for levar
Lá na roça so tem novidade
Quando chega alguem da capitá

Ô zé nao mate nós de medo zé
Conta pra gente então
Que bicho é esse que tem esse nome
O que será que come a globalização? (2x)

Não vai prestar se ele entrar na roça
Se quebrar o milho e pisar no feijão
Ah, se assustar minhas galinhas
Se sujar a fonte vai ter confusão
Tu imagina se mexer no gado
Pense num cabra zangado armado de facão
Que ja escurraçou até onça pintada
Já brigou com lobisomen e assombração

Ô zé não mate nós de medo zé
Conta pra gente então
Que bicho é esse que tem esse nome
O que será que come a (tal da) globalização? (2x)