Já estou farto de procurar
Um sítio p’ra me encaixar
Mas não pode ser
Está tudo cheio, tão cheio, tão cheio,cheio, tão feio, tão feio
Mas o que é que eu vou fazer?
Já estou farto de procurar
Um sítio para trabalhar
Mas não pode ser
Está tudo cheio, tão cheio, tão cheio, cheio, tão feio, tão feio
Mas o que é que eu vou fazer?
Eu vou para longe, para muito longe
Fazer-me ao mar, num dia negro
Vou embarcar, num barco grego
Falta-me o ar, falta-me emprego
Para cá ficar
Já estou farto de descobrir
Tantas portas por abrir
Mas não pode ser
É tudo feio, tão feio, tão feio, feio, tão feio, tão feio
Mas o que é que eu vou fazer?
Eu vou para longe, para muito longe
Fazer-me ao mar, num dia negro
Vou embarcar, num barco grego
Falta-me o ar, falta-me emprego
Para cá ficar
Eu vou para longe, para muito longe
Fazer-me ao mar, num dia negro
Vou embarcar, num barco grego
Falta-me o ar, falta-me emprego
Para cá ficar