Tens de olhar e ver
O que há p’ra fazer
não tens de esperar
Que te venham dizer
Para onde vais
Quais são as coisas
Para onde vais
Aquilo que tu vais ver

Tens de acreditar
No que há p’ra vir
Mesmo o mais forte
Acaba por cair
E no teu crer
No teu sentir
Tem de haver poder
Vais ter que o descobrir
Tudo deitando a carta certa...

Ninguém joga para perder
Todos querem vir a ganhar
Tu deitando a carta certa...

Olha para ti
O que é que tu vês
O que tens para dar
Tens que o dar a valer
Tens que olhar e ver
O que há para fazer
Não tens de esperar
Que te venham dizer

O que é que é
Como é que foi
Como é que é
O que é que foi
Para onde vais
Quais são as coisas
Para onde vais
Aquilo que tu vais ver
Tu deitando a carta certa...

Ninguém joga para perder
Todos querem vir a ganhar
Tu deitando a carta certa...