Anos de luta ensinado o próximo a crer naqueles homens.
Humanos, vergonha de todo orgulho que você já possuiu.
Controlando suas escolhas, com propagandas e informaçõespobres e contraditórias.
Os discursos desses ditadores esmagam nossas vidas.
Regras pra matar, leis pra morrer.
Um imbecil desconhecido fala ao seu povo.
Regras pra matar, leis pra morrer.

Retroceder nunca, render-se jamais.
Punhos erguidos prontos pra lutar

Sugando nossa confiança como uma armadilha pra nós mesmos.
Nos deixamos levar, nos deixamos vencer.
Mas podemos tirá-o de lá.
Com clareza em nossas mentes, temos força pra agir.